Jorge Almeida Fernandes

Nº de Artigos: 137
Jornais: Público

1. Nas mãos da Alemanha e de Angela Merkel

Ao atacar em Berlim, os estrategos do Daesh visam enfraquecer Merkel e fazer saltar a Europa.

Escrito por Jorge Almeida Fernandes | Sex, 23 Dez 2016
2. Angela Merkel, o alvo virtual

O ataque na Alemanha não terá sido por acaso. O país é um alvo lógico: constitui neste momento o centro da disputa europeia sobre imigração e refugiados.

Escrito por Jorge Almeida Fernandes | Ter, 20 Dez 2016
3. Alepo: por quem dobram os sinos

A queda da cidade assinala o colapso da influência dos EUA e da Europa.

Escrito por Jorge Almeida Fernandes | Sáb, 17 Dez 2016
4. A Itália: após o “regicídio”, a normalidade. A dramatização segue dentro de momentos

O 5 Estrelas e o resto da oposição querem ‘eleições já’. Mas será o Presidente a decidir.

Escrito por Jorge Almeida Fernandes | Sáb, 10 Dez 2016
5. Com a queda de Renzi a Itália regressa ao “ano zero”

Renzi não percebeu, tal como David Cameron, que um ano depois da promessa do referendo o clima político-social pode ter mudado radicalmente.

Escrito por Jorge Almeida Fernandes | Ter, 6 Dez 2016
6. “Já não entendo o mundo”: a Europa na era das incertezas

Roma e Viena são hoje as capitais da Europa. No referendo italiano estão em jogo a estabilidade e as reformas políticas. As presidenciais austríacas poderão consagrar a “normalização” da extrema-direita, que se vai aproximando do poder.

Escrito por Jorge Almeida Fernandes | Dom, 4 Dez 2016
7. De olhos postos em Roma e Viena

No próximo domingo, a Europa enfrenta mais dois testes à "vaga populista": o referendo constitucional italiano e a "terceira volta" das presidenciais austríacas. É cedo para falar em influência "trumpiana"....

Escrito por Jorge Almeida Fernandes | Dom, 27 Nov 2016
8. A História o absolverá?

A História não trata necessariamente mal os ditadores, sobretudo quando são “grandes” e nacionalistas.

Escrito por Jorge Almeida Fernandes | Sáb, 26 Nov 2016
9. Que políticos querem os italianos?

Não se sabe se haverá “efeito Trump” no referendo. Mas, na Itália, o “não” significa um regresso ao “pântano”

Escrito por Jorge Almeida Fernandes | Sáb, 19 Nov 2016
10. O poder e o medo

O choque provocado por Trump não pode ser transformado em medo. O catastrofismo incita à passividade.

Escrito por Jorge Almeida Fernandes | Qui, 10 Nov 2016
more

Pessoas

Presidente (23)
Berlusconi (16)
Marine Le Pen (16)
primeiro-ministro (16)
Beppe Grillo (14)

Locais

Europa (68)
Itália (32)
Estados Unidos (28)
Médio Oriente (26)
Bruxelas (25)

Organizações

Estado (51)
UE (43)
Governo (33)
EUA (32)
Parlamento (29)