Manuel António Pina

No. of Articles: 712
Newspapers: Jornal de Notícias

11. O bispo que não se esconde

O que o bispo D. Januário disse na TVI não foi, como clama o jornalismo de "soundbyte", que "este Governo é profundamente corrupto". Disse que "há jogos atrás da cortina, habilidades e corrupção, este Governo é profundamente corrupto nestas atitudes a que estamos a assistir". Há uma diferença essencial. E há uma desonestidade igualmente essencial quando se retiram da frase algumas palavras omitindo o resto.

Written by Manuel António Pina 18 Jul, 2012
12. Quais ″portugueses″?

Quando ontem aqui escrevi que Cavaco Silva terá dito a um jornal holandês que [os portugueses] foram "demasiado negligentes" e estão hoje a sofrer as consequências de "uma vida fácil", negligente fui eu, que me fiquei pelo "lead" da notícia da RR sobre a entrevista ao "Financieele Dagblad". Na verdade, Cavaco falou de "negligência" a propósito de não terem sido devidamente avaliados os efeitos de o país deixar de ter política cambial própria com a adesão ao euro; e de "vida fácil" a propósito do excessivo investimento em bens não transaccionáveis após essa adesão.

Written by Manuel António Pina 17 Jul, 2012
13. A ″vida fácil″ dos outros

Os números são relativos a 2010, ainda antes do PEC 1, PEC 2 e PEC 3, do memorando da "troika" e do Governo PSD/CDS: 18% dos portugueses, segundo o INE, e 25,3%, segundo o Eurostat, estavam em "risco de pobreza", eufemismo estatístico que significa que viviam com menos de 421 euros/mês, ou seja, que eram pobres.

Written by Manuel António Pina 16 Jul, 2012
14. O ″mercado″ universitário

Ontem fui atendido numa caixa de supermercado por uma licenciada em Engenharia, área em que parece não faltar emprego. O seu problema, explicou-me resignada, era a universidade que lhe atribuíra o diploma...

Written by Manuel António Pina 13 Jul, 2012
15. A Bordúria ″abre-se″

Anunciou a televisão estatal (na verdade, "a" televisão) norte-coreana que o líder supremo do Partido, do Estado e do Exército, "Kim Jong-un, tem um plano grandioso para fazer uma mudança considerável no campo de literatura e artes".

Written by Manuel António Pina 12 Jul, 2012
16. Um adjunto para a adjunta

Toda a minha simpatia para a subsecretária de Estado adjunta dos Negócios Estrangeiros, que parece ter percebido perfeitamente o sentido do discurso da urgência de descolonizar o Estado dos partidos por que tanto se tem batido o "seu" ministro, Paulo Portas.

Written by Manuel António Pina 11 Jul, 2012
17. O valor das palavras

Os jovens candidatos a "boys" do PSD ouviram da boca do homem que assegurou, jurou, afiançou, afirmou, asseverou, prometeu, garantiu que não aumentaria o IVA e que "do nosso lado, não contem com mais impostos" e ainda que acusá-lo de tencionar confiscar os subsídios de férias e Natal era um "disparate", que é "perverso" "o recurso à via do trabalho temporário para resolver necessidades permanentes" do SNS e que o país não pode aceitar a "proletarização da juventude portuguesa baseada em recibos verdes, em que as pessoas são obrigadas a pagar com os recibos verdes aquilo que as entidades que as contratam não estão disponíveis para pagar".

Written by Manuel António Pina 10 Jul, 2012
18. A letra escarlate

Quis o acaso objectivo que o debate na AR de uma petição da chamada Federação Portuguesa pela Vida tenha sido marcado para dias antes da data de nascimento de Calvino. E a Fé Reformada que anima hoje a desamparada social-democracia que sobrevive no nome do PSD não se fez rogada à predestinada coincidência.

Written by Manuel António Pina 09 Jul, 2012
19. Parentes pouco recomendáveis

A maior parte dos "partidos irmãos" que sobraram da família ideológica do PCP depois do desmoronamento da URSS e do Bloco de Leste é daquele tipo de parentes que as famílias comuns se recusam a receber em casa e de quem nem querem ouvir falar.

Written by Manuel António Pina 06 Jul, 2012
20. De super a mini num ano

O Ministério da Economia e Emprego é uma espécie de pedreira em que todos os outros ministérios vêm há um ano escavando competências, de tal modo que o "super-ministério" que, segundo um deslumbrado Álvaro Santos Pereira, equivalia a "dois ministérios e meio" já a pouco mais equivale hoje que a meio ministério.

Written by Manuel António Pina 05 Jul, 2012
more

People

Passos Coelho (68)
Sócrates (57)
Cavaco (26)
Cavaco Silva (24)
primeiro-ministro (23)

Locations

Portugal (142)
Lisboa (29)
Grécia (27)
Madeira (23)
França (20)

Organizations

Governo (181)
PSD (120)
PS (98)
Estado (76)
AR (60)