Freitas Cruz

No. of Articles: 108
Newspapers: Jornal de Notícias

11. Só mesmo bruxaria...

Já uma vez me intriguei neste cantinho com o que me parece ser coisa de bruxaria. Na verdade, que outro tipo de manifestações do fantástico (se me consentem o disparate) poderá conferir sentido à manifesta maldição que desabou sobre o ministério dito das Obras Públicas?

Written by Freitas Cruz 21 Nov, 2010
12. O défice de estadistas

Os portugueses ouviram falar esta semana daquela autêntica criancice que consistiu na nomeação, por um secretário de Estado, de dois antigos sócios como administradores de uma empresa pública sob a sua tutela. Também devem ter ouvido dizer, embora com menor ressonância, que uma governante regional alterou o regime de bolsas de estudo, aliás de sua autoria, de modo a poder atribuir uma delas ao próprio filho.

Written by Freitas Cruz 14 Nov, 2010
13. Histórias pouco exemplares

Ora aí está: o escuteiro bonzinho, honrando a formação patriótica, ajudou o velhinho a atravessar a estrada. Com êxito: tirou as pedras do caminho, afastou os aguerridos adversários e alcançou o objectivo.

Written by Freitas Cruz 07 Nov, 2010
14. Inverno português

Os leitores que têm tido paciência bastante para me acompanhar nestes desabafos semanais sabem, porque eu já o contei uma vez, que hoje mesmo (último domingo de Outubro) começa o meu Inverno. Não o Inverno do calendário, mas o meu, que sou apaixonado das tardes de luz e não me resigno a que, por nosso audacioso alvedrio, as tornemos desnecessariamente mais pequenas. Enfim, nada a fazer.

Written by Freitas Cruz 31 Oct, 2010
15. De mentira em mentira até chegar o FMI

Quando Sá Carneiro morreu no ainda misterioso acidente de Camarate, abriu--se diante de Pinto Balsemão o labirinto habitual da política portuguesa: ele era o sucessor natural, mas a complicada teia das ambições, invejas e traições, dentro e fora do seu partido, não lhe deu sossego. Balsemão foi vencendo as conspirações, mas acabou por se demitir. Aí nasceu a célebre frase de vitória em vitória até à derrota final.

Written by Freitas Cruz 24 Oct, 2010
16. O dinheiro dos outros

Nos últimos dias, tivemos oportunidade de conhecer uma grande variedade de formas legais (embora não legítimas) de desperdiçar o dinheiro dos contribuintes. Andaram com sorte os que conseguiram consultar as páginas oficiais em que esses gastos estavam registados: se fossem lá hoje não conseguiriam ver o escândalo porque, entretanto, alguma alma caridosa apagou a informação...

Written by Freitas Cruz 17 Oct, 2010
17. Não era preciso recriar tudo...

O País oficial lá conseguiu, apesar de tudo, celebrar o centenário da República com a dignidade merecida. Contou, como é timbre da nossa indigência cívica, com a indiferença de metade da população e, o que é ainda mais triste, com a ignorância de mais de um terço de portugueses, que não sabiam (sequer) qual o acontecimento que se comemorava.

Written by Freitas Cruz 10 Oct, 2010
18. Uma lição para hoje

Depois de amanhã, os portugueses que não preferirem (como é hábito) uma ida à praia vão comemorar os 100 anos da República. Poderia ser hoje ou amanhã se tivessem sido cumpridos os planos, mas na hora marcada os conspiradores não compareceram, o que levou, até, um dos chefes, o almirante Cândido dos Reis, ao gesto dramático de um tiro na cabeça, que era o modo como, por aqueles tempos, se lavava a honra manchada.

Written by Freitas Cruz 03 Oct, 2010
19. ″Puro alarmismo″

Não se imagina o embaraço em que me sinto metido quando me dá para pensar sobre os dias que correm. E, sobretudo, quando visiono o futuro que se prepara para a Democracia a que chegamos vai para 40 anos.

Written by Freitas Cruz 26 Sep, 2010
20. Se houver quem pague...

Já se viu como estamos mergulhados numa discussão pateta e desavergonhada sobre o Orçamento para o próximo ano. Mais uma vez, e ninguém nos livra disto, os políticos mostram as vistas curtas com que encaram este Portugal que já não disfarça a triste posição de mão estendida com que aguarda as dádivas da Europa. Agora, para tornar as coisas ainda mais ridículas, até conseguiram misturar no debate o chamado Estado social, com o pretexto de uma revisão constitucional (necessária e útil, mas prematura, fora do tempo).

Written by Freitas Cruz 19 Sep, 2010
more

People

José Sócrates (18)
Sócrates (14)
Mário Soares (11)
Soares (9)
primeiro-ministro (9)

Locations

Portugal (27)
Europa (10)
Lisboa (9)
Bruxelas (5)
Espanha (3)

Organizations

Governo (25)
Estado (15)
Parlamento (11)
Portugal (6)
FMI (5)