Camilo Lourenço

Nº de Artigos: 1724
Jornais: Jornal de Negócios

1. O aumento de dívida não é boa notícia

Qual é a solução lógica quando alguém se encontra excessivamente endividado? Desalavancar (reduzir dívida), não é? A menos que a contração de nova dívida permita aplicações tão elevadas que compensem o aumento do endividamento.

Escrito por Camilo Lourenço | Sex, 30 Dez 2016
2. O Bloco e a arte dramática de Catarina Martins

O desporto preferido nos últimos meses foi tentar adivinhar o prazo de vida da geringonça. Primeiro foi a dúvida sobre se Bloco de Esquerda e PCP aceitariam o aumento do ISP (Imposto sobre os Produtos Petrolíferos).

Escrito por Camilo Lourenço | Qui, 29 Dez 2016
3. Ninguém resiste aos perdões fiscais

O governo vai arrecadar 511 milhões de euros com a regularização de dívidas que os contribuintes, individuais e empresas, tinham para com a Administração Tributária no âmbito do PERES (Plano Especial de Redução do Endividamento ao Estado).

Escrito por Camilo Lourenço | Qua, 28 Dez 2016
4. Tolerados... mas não queridos

Lembra-se de Alexis Tsipras? Sim, aquele revolucionário grego que condenava a austeridade e que se opunha às privatizações? O mesmo que acabou a despachar ministros do seu governo que se recusavam a vender ativos do Estado (privatizações) e que se tem revelado um corta-despesa por excelência.

Escrito por Camilo Lourenço | Ter, 27 Dez 2016
5. Os rankings só fazem bem às escolas

Os rankings das escolas provocam sempre controvérsia. Sobretudo àqueles a quem não interessa a comparação de resultados. Não é o caso de Fernando Gomes, ex-presidente da Câmara do Porto.

Escrito por Camilo Lourenço | Seg, 26 Dez 2016
6. Sei o que (Marcelo) fez em 2016

O Presidente da República publicou, com uma rapidez inusitada, o Orçamento do Estado para 2017. O que surpreendeu no processo até nem foi a dita rapidez: bastava estar minimamente atento à discussão das últimas semanas para conhecer bem o que seria o documento final; foram os enigmas do discurso que acompanhou a promulgação.

Escrito por Camilo Lourenço | Sex, 23 Dez 2016
7. Os heróis esquecidos da economia portuguesa

O leitor já olhou bem para as instituições que fazem mais barulho (leia-se fazem manifs, greves, reivindicam muito, pedem subsídios...) em Portugal?

Escrito por Camilo Lourenço | Qui, 22 Dez 2016
8. Queres dinheiro? Chora que o governo dá...

Se o dr. Costa promete que o contribuinte não vai pagar a solução, devia prová-lo, divulgando a solução. Como não o fez, fica no ar a ideia de que estamos perante uma chico-espertice (mais uma) do Governo, para não ficar mal na opinião pública.

Escrito por Camilo Lourenço | Qua, 21 Dez 2016
9. Portugal nunca esteve tão normalizado

Quando Luís Miguel Cintra anunciou que a Cornucópia ia fechar, comentei com colegas que não veríamos a gritaria de 2012 e 2013 (vg as intervenções de Gabriela Canavilhas sobre os Miró). Já cobrei a aposta...

Escrito por Camilo Lourenço | Ter, 20 Dez 2016
10. Dinheiro do Estado para todos

Há uma franja da Cultura que deve ser paga pelo contribuinte. Mas há uma fronteira para a utilização desse dinheiro.

Escrito por Camilo Lourenço | Dom, 18 Dez 2016
more

Pessoas

Sócrates (165)
ministro das Finanças (136)
António Costa (128)
Cavaco (103)
primeiro-ministro (98)

Locais

Portugal (517)
Grécia (209)
Espanha (164)
Europa (143)
Troika (96)

Organizações

Governo (613)
Estado (421)
PS (307)
Portugal (236)
BCE (207)